quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Carroça


Guardei de você

as coisas mais bonitas

dentro de mim

- que não pude te dar.



E eis que hoje descanso

de um dia por ti

e por outros

muito amor nas costas levar

- e o coração sentir.


11 comentários:

.ana disse...

ah, os corações... passam por tanta coisa...

bjooo:*

Maria disse...

Tanto amor que pesou. Divide, moça, divide. Tem tantos corações sedentos por coisas bonitas...

Meu beijo

ninguém disse...

linda

Marcella B. disse...

Guardei dele ele.
As coisas mais bonitas vieram junto.

Ficou lindo!

ninguém disse...

Esqueci de falar que me apaixonei pela foto. essa folha rabiscada, achei linda

Nine disse...

Muito bom o texto...

Levar o amor nas costas e um peso incauculável...

castalia disse...

voltei à virtualidadee vim conferir o blog,bom saber que está em movimento.
:*

Rousi disse...

"- e o coração sentir."

Sentir muito,
sentir pena e penar por sentir,
mas sempre (e indiscutivelmente) SENTIR.

Muito bom Haula.
^^
Beijos meus.

Bianca disse...

Vejo que estás fazendo um sucesso incrível. Fico tão feliz!
Isso que sinto, apenas eu posso dar jeito, eu acho. Achar não é ter certeza.
Ando decepcionada comigo. Já nem escrever faço direito. Sai tudo meio infantil, meio começo, meio iniciante. E me vejo nesse mundo das palavras a tanto tempo! Não entendo.
Tu não destes mais sinal, oras!
Fica bem. Beijo!

Nanda disse...

o amor nas costas e o coração.

peso que vale o golpe de ar.

Mariana disse...

que lindo, chorei.


;@


ps - saudade enorme, princesa.