quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Hello stranger




Sim, recebi o que escreveste, e foi com grande surpresa. E com grande surpresa maior ainda não consegui responder, seja por causa da minha transitória mudez, ou pelo lapso, saliente-se, temporal de dois anos ou mais, a memória é falha, em uma amizade tão bonita e que, entretanto, nem chegou a florescer devido a tempestades fora de época - atípicas. Temporais fora de época, atípicos, no fundo são típicos dentro de uma estatística possível, apesar de pouco provável. E passível também, de causar graves danos à flora, alguns até irreparáveis. Sorte da nossa amizade que nem sequer floresceu ter permanecido semente em uma terra que por ventura e acaso ou o que for que tenha sido que a determinou fértil. E assim de semente sermos vamos. 

5 comentários:

Sônia Brandão disse...

Há tempo para tudo. A semente dorme para florescer no tempo certo.

bj

aaluah disse...

Verdade, Sônia, e bem-vinda!

unr disse...

As sementes somente germinam o que um dia há de florescer. A sua profusão de idéias é estupefaciente,suas poesias concretistas é pura matemágica.Apenas ou á penas ,não compreendo tantos ,e,e,e.

unr disse...

À penas corrigindo:As sementes somente germinam o que um dia há de florescer. A sua profusão de idéias é estupefaciente,suas poesias concretistas são pura matemágica.Apenas ou à penas ,não compreendo tantos ,e,e,e.

Thuan Carvalho disse...

qualquer solo é solo para o amor.

muito bom!