sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Sobre o dia de Finados - O dia em que Deverias ter Nascido






Lembrei-me de ti, pensei em te visitar.
Lembrei-me, porém, também, de que no meu coração não mais estás.

Bebi 
tua morte na cerveja, comemorei com etílicos teu fim em mim.

No isqueiro que acendia meu cigarro
Cremado 
fostes tu com o fogo que dentro de ti por mim nunca ardeu - e que em mim ardeu demais.

No meu coração, meu coração de dar dó,
falecido estás.






06 de novembro de 2009 
Mas aí tua mãe mexeu os pauzinhos e foste dia ímpar

Nenhum comentário: